Você sabia , que o rim é considerado,  pela medicina tradicional chinesa , como a sede de nossa energia vital? Que existem emoções que podem estar ligadas aos órgãos , que determinam o desequilíbrio energético dos mesmos?

 Muitas vezes negligenciado ,  o rim desempenha funções vitais para nossa sobrevivência.  Sua falência, determina a necessidade de transplante renal ou outra substituição renal como  diálise peritoneal ou hemodiálise.

Os rins são responsáveis pela excreção  de produtos  das reações  de nosso corpo: minerais , líquidos, substâncias provenientes da degradação de proteínas. Além disso, eles também são responsáveis pela regulação  dos ossos  e dos glóbulos vermelhos . Se ficam seriamente comprometidos , é possível  haver distúrbio minerais ósseos e anemia.

As doenças renais podem ocorrer  por  hipertensão arterial, diabetes mellitus, cálculos (“pedra nos rins”), mal formações congênitas de vias urinárias, doença renal policística, infecções urinárias recorrentes, hiperplasia de próstata, glomerulonefrites, neoplasias.

Alguns medicamentos em uso indiscriminado podem também estar relacionados ao desenvolvimento de insuficiência  renal, destacando-se os anti-inflamatórios não hormonais, alguns analgésicos, bem como alguns antibióticos.

A doença renal muitas vezes tem desenvolvimento pouco sintomático, podendo ser percebida muitas vezes  somente nas fases mais avançadas . Estes sintomas podem ser  inespecíficos e confundidos com doenças de outros órgãos. Podem ser fraqueza geral, inchaços, dores de cabeça,  palidez, dores nas costas, sangramento ou espuma na urina, náuseas, vômitos, sonolência , formigamentos, falta de ar.

Um exame de urina pode identificar a doença renal em sua fase inicial, sendo de fácil análise e baixo custo.  Na ultima década campanhas para o esclarecimento da população vem sendo realizadas, através do “dia mundial do rim”, que ocorre na segunda quinta-feira de março.  Deste modo, várias pessoas são encaminhadas para o acompanhamento clínico com o nefrologista.

Fique atento caso possua na família casos de doenças renais, sobretudo se seus familiares tem perda importante de função renal,  nefrites, doença  com componente hereditário que afete os rins,  hipertensão arterial, diabetes mellitus. Ao  fazer seus  exames preventivos anuais, solicite ao seu médico  que inclua exame de urina I .

 

E, voltando ao mencioado a respeito das emoções, no início do texto,  qual a emoção devo trabalhar para manter o funcionamento de meus rins em dia? Tem receios e medos? Enfrente-os! Metafisicamente, os medos estão relacionados ao desenvolvimento de doenças renais.